top of page
  • Associação Cemitério dos Protestantes - Acempro

A Primeira Multiplicação dos Pães e Peixes



Fartura e Sobra - Jesus, tomando conhecimento da morte de João Batista, retirou-se de barco para ficar sozinho no deserto. Os moradores dos arredores sabendo disto, o acompanharam por terra. Ao desembarcar, uma multidão o aguardava. Jesus tece compaixão e curou a muitos. Ao cair da tarde, os discípulos pediram a Jesus que despedisse a multidão para que fossem se alimentar. Jesus, porém, determinou: dai vós mesmo de comer. Eles o responderam: temos apenas cinco pães e dois peixes. Jesus pediu que os entregasse e solicitou a multidão que assentasse sobre o gramado.


Tomando consigo os cinco pães e os dois peixes, Jesus olhou para o céu e proferiu uma Oração da Benção.


A seguir, partiu os pães e deu aos seus discípulos, os quais distribuíram a multidão. Eles comeram e se fartaram e ainda recolheram doze cestos das sobras.


Com este milagre, cerca de cinco mil homens foram alimentados excluindo mulheres e crianças.


Além da grande riqueza contida neste milagre, constatamos que até pequenos detalhes corroboram para a sua plenitude. Vejamos:


O número dos alimentos perfaz o total de sete. O qual, na Bíblia, tem o sentido de totalidade. Citemos alguns exemplos: a semana completa tem sete dias; foram sete vacas magras e sete vacas gordas; Naaman entrou sete vezes no rio Jordão para ficar totalmente curado; as sete igrejas citadas no Apocalipse representam a totalidade das igrejas; são sete os Espíritos de Deus; a Bíblia completa, do Gênesis ao Apocalipse também é constituída de sete partes (Antigo Testamento: Pentateuco, Profecias e Escritos; Novo Testamento: Evangelhos, Atos dos Apóstolos, Cartas; e Apocalipse)


Também, o número doze referente às sobras recolhidas nos dá a ideia de totalidade.


São doze as tribos de Israel; foram doze apóstolos; foram doze portas na grande muralha; Jesus completou doze anos.


A ordem de Jesus para o recolhimento de sobras nos dá o ensinamento atual, do conceito de reaproveitamento e reciclagem do descartável.


Todavia, o ápice deste milagre concentra-se na Oração da Benção proferida por Jesus, o Messias; sem a qual nada teria ocorrido.


Não sabemos se Jesus teria ajoelhado enquanto orava, mas podemos afirmar a total conexão do seu Espírito com o Pai.


Esta Oração da Benção concedida tem, sem dúvida, uma abrangência tal que escapa a nossa imaginação.


Todavia, o alcance desta Oração resultou em um milagre com riquíssimos conteúdos de ensinamentos para aquela multidão e que permanecerá para sempre.


7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page